A cada 100 mil habitantes, 67 são assassinados em JP e ONU considera “situação fora de controle” - Rádio Arara FM 87,9

A cada 100 mil habitantes, 67 são assassinados em JP e ONU considera “situação fora de controle”

violencia-contra-mulherDepois da capital paraibana ser considerada por uma ONG mexicana, como a nona cidade mais violenta do mundo. A Organização das Nações Unidas (ONU) apontou que em João Pessoa a cada 100 mil habitantes, 66,92 foram assassinados no ano de 2012.
O índice registrado em João Pessoa foi chamado pelos pesquisadores da ONU de “situação fora de controle”, e explicam que esse número elevado de homicídios está ligado ao crime organizado e à violência política. A taxa de homicídios acima de 20 por 100 mil habitantes é considerada grave pelos pesquisadores.
O que assusta os pessoenses, é que a taxa média de homicídios de João Pessoa é 10 vezes maior do que a taxa média global, que é de 6,2 por 100 mil habitantes. A maioria desses homicídios são ligados ao crime organizado, gangues e facções representam 30% de todos os assassinatos. 
De acordo com a pesquisa, cerca de 80% das vítimas de homicídio são homens, assim como 95% dos autores dos crimes; 15% de todos os assassinatos resultam de violência doméstica e a maioria (70%) das vítimas domésticas são mulheres. Mais da metade das vítimas de homicídios têm menos de 30 anos de idade, com crianças menores de 15 anos de idade representando pouco mais de 8% de todos os homicídios.
Nesta quinta-feira (10), outra pesquisa também foi divulgada sobre vitimização no Brasil, a Datafolha revelou que do total de entrevistados em João Pessoa, 31% disseram ter tido amigos ou parentes assassinados e 25% disseram ter sido alvo de violência. No recorte por faixa de renda, o grupo mais vitimado, com 26%, é de pessoas com renda familiar de 5 a 10 salários mínimos por mês. 
Fonte: Bananeiras Online com Blog do Gordinho
Share on Google Plus

About Sejam bem vindos à Rádio Arara FM

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.