Acusados de matar prefeito vão a júri; assassinado a tiros quando saia de festa - Rádio Arara FM 87,9

Acusados de matar prefeito vão a júri; assassinado a tiros quando saia de festa

acusado-matar-prefeitoO empresário Wanderlei Teixeira de Almeida e o comerciante Vanildo dos Santos, acusados de envolvimento no assassinato de Antônio Luiz de Castro, prefeito do município de Nova Canaã do Norte (a 696 km de Cuiabá), no Mato Grosso, devem ir a júri popular no dia 22 de maio. A sessão está programada para ter início às 8h na Câmara Municipal de Nova Canaã do Norte.
Antônio Luiz de Castro foi morto a tiros quando saía de uma festa no distrito Ouro Branco do Sul, em agosto de 2011.
A data do julgamento foi definida nesta segunda-feira (7) pela juíza da Vara Única de Nova Canaã do Norte, Giselda Regina Sobreira de Oliveira Andrade. De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), Castro adquiriu um imóvel que supostamente pertencia ao irmão de Wanderlei de Almeida, um dos suspeitos. O imóvel foi comprado em leilão da Justiça Federal do Ceará.
Almeida é apontado pela polícia como um dos “mentores intelectuais” do assalto ao Banco Central em Fortaleza, em 2005.
Nos autos do processo consta que o empresário ameaçava o prefeito e, como não obteve resultado, passou a constranger também os possíveis interessados na compra do terreno. Ele teria então contratado uma terceira pessoa, ainda não identificada, para matar o prefeito.
No dia do crime, um homem desconhecido aproximou-se de Antônio Luiz de Castro durante uma festa e perguntou se era ele o prefeito de Nova Canaã do Norte. Ao ouvir a afirmativa, ele disparou seis vezes e fugiu do local.
O empresário Wanderlei de Almeida estava presente na festa. Segundo a acusação, ele teria ajudado o assassino a escapar.
O empresário está detido no Presídio Osvaldo Florentino Leite Ferreira, conhecido como Ferrugem, na cidade de Sinop (a 503 km de Cuiabá). Já o comerciante Vanildo dos Santos teve a prisão revogada há um ano e responde o processo em liberdade, pelo crime de coação e favorecimento pessoal.
Fonte: UOL
Share on Google Plus

About Sejam bem vindos à Rádio Arara FM

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.