Internacional humilha Grêmio e conquista o tetracampeonato gaúcho - Rádio Arara FM 87,9

Internacional humilha Grêmio e conquista o tetracampeonato gaúcho

D'Alessandro, responsável por abrir o placar, comemora com Rafael Moura (Gazeta Press)
D’Alessandro, responsável por abrir o placar, comemora com Rafael Moura (Gazeta Press)
Categórico. O Internacional alcançou o quarto título consecutivo do Campeonato Gaúcho de maneira histórica: com goleada e diante do maior rival. Na tarde deste domingo, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, o clube colorado massacrou o Grêmio pelo placar de 4 a 1 e conquistou o tetracampeonato estadual de maneira incontestável.
A 43ª taça gaúcha do Internacional fora construída desde a primeira partida, quando, em plena Arena do Grêmio, o time colorado vencera por 2 a 1. A vantagem deu tranquilidade ao clube comandado por Abel Braga, que assumiu o protagonismo da partida desde o início e garantiu (de maneira surpreendente) o título com relativa facilidade.
Impressiona o desempenho colorado diante do arquirrival nesta decisão. O Grêmio, reconhecido em 2014 pela alta capacidade defensiva, se tronou presa fácil diante do ataque do adversário. O clube tricolor, dono da melhor da defesa da Copa Libertadores com apenas um gol sofrido nos seis jogos da fase de grupos, buscou seis bolas no fundo da rede em apenas dois jogos contra o Inter.
A eficiência ofensiva colorada deve-se muito ao desempenho de Andrés D’Alessandro, o grande personagem das finais. Depois de comandar o time na Arena, o camisa 10, voltou a deixar a sua marca. Também neste domingo, Alex (duas vezes) e Alan Patrick, de pênalti, definiram. Ernando (contra) marcou para o Grêmio.
Passado o Campeonato Gaúcho, os dois times se concentram no Brasileiro. O clube colorado estreia no sábado, às 18h30 (de Brasília), contra o Vitória, no novíssimo Beira-Rio. O Grêmio buscará se reerguer depois da dura derrota na decisão somente no domingo, quando, a partir das 16h, encara o Atlético-PR, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis.
O jogo
Já com a vantagem, em virtude da vitória no primeiro confronto, o Internacional atuou de uma maneira consistente em Caxias do Sul. Sem a necessidade de construir o resultado, a equipe de Abel Braga controlou o ritmo de jogo e envolveu o arquirrival Grêmio na partida.
Além de sofrer com a organização colorada, o Grêmio acabou prejudicado por um erro individual. Aos 26min, depois de longo lançamento, Werley errou o tempo da bola e permitiu a Rafael Moura dominá-la dentro da área. O ‘He-Man’ achou D’Alessandro, que dominou e arrematou de direita para o fundo do gol, aproximando o Inter ainda mais da taça.
O gol desestabilizou o Grêmio. O Inter achou ainda mais espaços para jogar e controlou a partida durante a primeira etapa. Sem inspiração ofensiva, o time de Enderson Moreira se tornou um adversário previsível . A vida gremista, entretanto, só pioraria na parte final da partida.
Logo com 4min da etapa complementar, Alex ampliou o marcador. O chileno Aranguiz recebeu lançamento dentro da área, dominou e rolou para Alan Patrick. O meia chutou mascado, mas viu a bola morrer nos pés do camisa 12, que, com um leve desvio, tirou de Marcelo Grohe. Festa vermelha no interior do Rio Grande do Sul.
Desorganizado no meio-campo, o Grêmio se perdeu completamente dentro de campo. Tanto que aos 10min, Dudu, meia-atacante (leia-se meia-atacante), cometeu pênalti em D’Alessandro. Na cobrança, Alan Patrick, contratado nesta temporada, anotou o terceiro.
O resultado minou qualquer chance gremista. O Inter, em contrapartida, presenteou o torcedor com um golaço, um espetáculo. Quatro minutos depois do terceiro tento, depois de linda triangulação, Alex recebeu na área, cortou o goleiro e marcou o quarto. Ernando, aos 21min, tentou cortar cruzamento de Dudu e marcou contra, mas nada que tirou a festa do tetracampeão.
FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 4 x 1 GRÊMIO
Local: Estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS)
Data: 13 de abril de 2014, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Márcio Chagas da Silva
Assistentes: Marcelo Barison e Júlio César Santos
Cartão amarelo: Fabrício e D’Alessandro (Internacional); Edinho, Riveros, Léo Gago, Barcos e Wendell (Grêmio)
Cartão vermelho: Willians (Internacional); Pará (Grêmio)
GOLS:
INTERNACIONAL: D’Alessandro, aos 26 minutos do primeiro tempo; Alex, aos 4 aos 12, e Alan Patrick, de pênalti, aos 10 minutos do segundo tempo
GRÊMIO: Ernando, contra, aos 21 minutos do segundo tempo
INTERNACIONAL: Dida; Gilberto, Paulão, Ernando e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alex (Juan), D’Alessandro (Jorge Henrique) e Alan Patrick (Ygor); Rafael Moura
Técnico: Abel Braga
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Wendell; Edinho (Maxi Rodríguez), Riveros, Ramiro e Alán Ruiz (Léo Gago); Dudu e Barcos
Técnico: Enderson Moreira 
Fonte: ESPN
Share on Google Plus

About Sejam bem vindos à Rádio Arara FM

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.