Aplicativo “Proteja Brasil” estimula denúncias de violência contra a criança e o adolescente - Rádio Arara FM 87,9

Aplicativo “Proteja Brasil” estimula denúncias de violência contra a criança e o adolescente

proteja-brasilA tecnologia a serviço do combate à violação dos direitos da criança e do adolescente. O aplicativo “Proteja Brasil”, disponível gratuitamente para smartphones e tablets nas plataformas IOS ou Android, lançado no final do ano passado, é mais uma ferramenta disponível na luta contra o fim da impunidade. O objetivo do aplicativo é estimular denúncias de violência contra crianças e adolescentes em todo o país.
Após instalá-lo, o usuário tem acesso a telefones para denúncias e endereços de delegacias, conselhos tutelares e organizações que ajudam no enfrentamento deste tipo de violência nas principais cidades brasileiras. No exterior, o aplicativo apresenta os números de telefones e endereços das Embaixadas e Consulados do Brasil.
Para fazer uma denúncia por meio do aplicativo “Proteja Brasil”, basta seguir três passos simples. A denúncia pode ser anônima e a identidade de denunciante será mantida sempre em sigilo.
A ferramenta é uma parceria entre o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e Centro de Defesa da Criança e do Adolescente Yves de Roussan, da Bahia, e desenvolvido pela Ilhasoft.
“A prevenção e o enfrentamento à violência são fundamentais. Mas se os cidadãos não denunciarem situações que caracterizam violações de direitos, nunca daremos um basta a essas práticas inaceitáveis”, destaca a coordenadora da área de Proteção do UNICEF no Brasil, Casimira Benge. Para baixar o aplicativo Proteja Brasil, clique aqui.
No Brasil vivem mais de 60 milhões de crianças e adolescentes e muitas delas sofrem com a violência dentro e fora de suas casas. São vítimas de violência física, psicológica, negligência, abandono, trabalho infantil, abuso e exploração sexual.
E muitos destes casos sequer chegam a ser denunciados, por medo, insegurança ou falta de informação. Mesmo assim, segundo dados do UNICEF, 129 casos de violência são reportados diariamente, o que representa cinco casos por hora.
Qualquer situação que coloque em risco o desenvolvimento pleno da criança ou do adolescente pode ser uma forma de violência. Infelizmente, meninos e meninas são expostos diariamente à violência dentro e fora de suas casas.
Fonte: ECPAT Brasil
Share on Google Plus

About Sejam bem vindos à Rádio Arara FM

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.