Após desabamento de prédio, prefeitura de Campina anuncia desapropriação e recuperação - Rádio Arara FM 87,9

Após desabamento de prédio, prefeitura de Campina anuncia desapropriação e recuperação

Local servia de abrigo para moradores de rua
Local servia de abrigo para moradores de rua
O prédio do antigo Cassino Eldorado, construído na década de 30 do século 20, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico da Paraíba (IPHAEP), desmoronou por volta das 13h30 desta quinta-feira (3) nas proximidades da feira central, em Campina Grande, no Agreste do estado, a 125 quilômetros de João Pessoa, deixando duas pessoas feridas.
De acordo com informações repassadas por comerciantes locais, as duas pessoas feridas são moradoras de rua que procuram abrigo nos prédios abandonados localizados no Centro da cidade.
As vítimas foram resgatadas por equipes do Corpo de Bombeiros, receberam os primeiros atendimentos de paramédicos do Samu e depois foram levadas para o Hospital de Trauma de Campina Grande. Ainda não há informações sobre o estado de saúde delas.
No local, existem vários prédios antigos e em risco de desmoronamento que aguardam um projeto de revitalização da Prefeitura do município. Por enquanto, eles são utilizados por moradores de rua que, por não terem onde abrigar-se, buscam esses imóveis como alternativa.
“Por sorte, havia poucas pessoas no local no momento do desmoronamento. Se tivesse ocorrido durante a noite ou madrugada, o número de vítimas com certeza teria sido maior”, relatou um feirante que não quis se identificar.
Nota enviada pela Prefeitura Municipal de Campina Grande
A prefeitura de Campina Grande esclareceu, a respeito do desabamento, que o imóvel não havia recebido ainda qualquer intervenção por parte da atual gestão municipal por se tratar de um bem privado.
A desapropriação do prédio consta dos planos de requalificação da feira central. Mesmo com o desabamento, a prefeitura assegura que o imóvel será desapropriado e recuperado.
De acordo com a Secretaria de Cultura do Município, a PMCG, através do projeto INRC – Inventário Nacional de Referência Cultural – está realizando desde outubro de 2013 um levantamento histórico e cultural da feira central. A proposta é fazer o registro da feira, para que esta seja reconhecida nacionalmente como patrimônio cultural.
O projeto de requalificação do mercado central já se encontra na Caixa Econômica Federal, esperando apenas os trâmites burocráticos para liberação da verba e início da licitação. A recuperação do Eldorado constará da segunda etapa da requalificação, já que, de acordo com a Secretaria de Planejamento do Município, a primeira etapa contemplou áreas públicas e imóveis já desapropriados.
Morador de rua retira gatinhos que saíram ilesos após desmoronamentoFoto:  Homem retira gatinhos que saíram ilesos após desmoronamento
Créditos: Hiran Barbosa

Por Luciana Rodrigues
Share on Google Plus

About Sejam bem vindos à Rádio Arara FM

0 comentários:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.